Escolha uma Página

Casal de cadeirantes viaja pela Itália percorrendo mais de 2 mil km

por | 2 out, 2018 | Viagem acessível | 0 Comentários

Casal de cadeirantes viaja pela Itália. Em 2013, Nilza e Fernando Montanari partiram para a maior aventura do casal até então. Percorreram parte da Itália de carro. Seria só mais uma história de casais aventureiros não fossem por um detalhe: eles são cadeirantes.

Juntos a 14 anos, Nilza e Fernando colecionam boas histórias desde situações inusitadas no avião até o encontro com o papa Francisco no Vaticano, com direito à benção da autoridade máxima da Igreja Católica para as alianças.

Agora, pela terceira vez, eles estão novamente a caminho da Itália para 20 dias de aventura, do Norte até as praias do Sul do país. Serão mais de 2.ooo quilômetros com passagens por Lecco, Turim, Florença, Assis, Roma, Salerno, Costa Amalfitana e Nápoles.

Desta vez, a viagem começará em Lecco, próxima a Milão e que é cidade-irmã de Campinas –onde o casal mora–, para conhecer o lago de Como e subir os Alpes que separam a Itália da Suíça, em busca de neve.

Turim será a segunda parada, ainda desconhecida por eles. De lá, o destino é Florença, um dos locais preferidos do casal que optou por um hotel bem no centro da cidade antiga, para conhecer novos lugares sob novas perspectivas.

“Estamos ansiosos por passear à noite pelas ruas estreitas e cheias de antigos casarões florentinos. A região central de Florença é praticamente toda plana, o que facilita muito o deslocamento em cadeira de rodas”, conta Nilza.

Próxima parada do casal será Assis. Uma joia medieval encrustada na montanha, cidade de São Francisco e Santa Clara. Da simplicidade de Assis à fascinante Roma, destino obrigatório, mesmo que não ofereça condições tão boas para os cadeirantes.

Para os últimos dias de viagem, no sul da Itália, a rota continua em Salerno, seguindo pela linda costa Amalfitana, depois Nápoles, com passagem pelo Monte Vesúvio e às ruínas de Pompéia.

“Utilizaremos um veículo adaptado para pessoas com deficiência, alugado em uma empresa especializada em turismo adaptado. Aliás, também será uma oportunidade para reencontrar o amigo, Fausto Ferraro, proprietário da empresa Bluerental e com quem alugamos o carro da viagem anterior”, lembra Nilza.

O casal vai sem apoio de agência, guia turístico ou qualquer outro agente que lhes faça se sentirem menos livres e aventureiros!

Compartilhe pelos ícones flutuantes na borda lateral esquerda desta página!

0 comentários

Deixe uma resposta

Assine!

Siga-me no Twitter

Artigos relacionados

Conheça a acessibilidade na CCXP

A CCXP é o maior festival de cultura pop e geek do mundo. Criada no Brasil em 2014, com inspiração na pioneira San Diego Comic-Con, nos Estados Unidos, são quatro dias de painéis e bate-papos com grandes astros de séries, filmes, TV, games, anime, RPG e música, além de quadrinistas, produtores e criadores de conteúdo.

ler mais

Pin It on Pinterest

Shares
Share This