Cone de bloqueio para vaga reservada. Sim ou não?

por | 4 fev, 2019 | Acessibilidade | 6 Comentários

Cone de bloqueio para vaga reservada. Sim ou não? Cones, cavaletes e alguns outros objetos, algumas vezes são colocados nas vagas de estacionamento reservadas para pessoas com deficiência na intenção de criar uma resistência para aquelas pessoas que não necessitam e nem tem direito ao uso da vaga, mas que faze isso de modo ilegal. A probabilidade dessas pessoas estacionarem na vaga, quando ela está livre, sem nenhum bloqueio é bem maior.

Porém esse tipo de bloqueio também atrapalha a pessoa com deficiência, principalmente quando ele é o motorista e está sozinho. Teria que descer do carro para tirar o bloqueio, pedir para alguém fazer o favor de tirá-lo ou para os mais habilidosos, conseguir tirar o bloqueio mesmo dentro do carro. Em qualquer das três opções, isso acaba gerando uma dificuldade.

É claro que o ideal seria as pessoas respeitarem as vagas, do jeito que a lei manda, e para quem desrespeita existem multas. Mas esse respeito ainda não faz parte da cabeça de muitas pessoas. Então a questão é, qual a melhor opção: ter o cone para inibir o desrespeito e ter uma probabilidade maior de encontrar a vaga livre? Ou não colocar o cone, para que não tenha nenhuma dificuldade para estacionar o carro, mesmo a vaga estando mais vulnerável ao desrespeito?

Lembrando que para estacionar em vagas de estacionamento reservadas, seja para pessoas com deficiência ou idosos, é preciso ter o cartão de estacionamento oficial. Ele te validade em todo o território nacional. É exigido em locais devidamente sinalizados, em vias públicas como ruas e avenidas e em algumas cidades como São Paulo, também em estacionamento particulares como em shoppings centers, supermercados e outros locais privados. O adesivo com o símbolo internacional de acessibilidade é somente uma sinalização e não dá a devida autorização legal para estacionar nas vagas reservadas.

Compartilhe

Use os ícones flutuantes na borda lateral esquerda desta página

Envolva-se em nosso conteúdo, seus comentários são bem-vindos!

7

6 Comentários

  1. luiz fernando

    Devo informar que sou cadeirante desde 2001, portanto já passei por diversas experiencias e deve informar que cone na vaga especial atrapalha e muito pois tenho carro adaptado e uso chair topper, em regra sou independente e ando so, se tem cone EU O EMPURRO COM O CARRO, caso não tem alguém nas proximidades para ajudar. Grato

    Responder
    • Ricardo Shimosakai

      Precisamos trabalhar melhor para que a educação esteja mais presente, e não ter que passar por esse tipo de situação

      Responder
  2. Josino Eduardo Luiz

    o cone atrapalha e muito

    Responder
    • Ricardo Shimosakai

      Não há duvidas disso. Ter uma sociedade com respeito sempre é a melhor opção. Mas se não se tem isso, e não é fácil conseguir, a questão é saber se uma estratégia como esta, é a melhor saída para diminuir as dificuldades.

      Responder
  3. Eduardo Hoffart

    Bem não sou motorista, mas vivo o dia a dia nossas dificuldade por ser deficiente “cadeirante”
    Na verdade o que falta é vergonha na cara daqueles que se julgam no direito de fazer o que bem entende e não estão nem aí, pois a impunidade impera neste país.
    E a mesma coisa que alguém para com os carros encima das calçadas, coloca mesas de frente aos estabelecimento comerciais, são os chamados oportunistas, que querem estar acima, podem falar, falar que de nada vai adiantar.
    Enquanto nossas autoridades não fazer nada, continuar fazendo vista grossa e tudo mais, podem fazer a campanha que for, que nada vai resolver isso.
    Brasileiro para aprender tem que fazer sentir no bolso, aí sim tomara uma posição.
    Esta é minha opinião.

    Responder
    • Ricardo Shimosakai

      As autoridades fazem, mas pelas reações das pessoas, o que fazem ainda é pouco. As campanhas adiantam, mas são mudanças a longo prazo. Para se ter um resultado mais rápido, é realmente mexendo no bolso. É assim que os Estados Unidos fazem, processos contra irregularidades são pesados, e as pessoas denunciam. Também falta isso aqui.

      Responder

Deixe uma resposta

banner lateral acervo digital acessibilidade e inclusao no turismo
Booking.com
Book Hostels Online Now

Siga-me no Twitter

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Shares
Share This
%d blogueiros gostam disto: