Conheça como funciona o Uber com dicas de acessibilidade

por | 20 fev, 2019 | Turismo Adaptado | 0 Comentários

Conheça como funciona o Uber. Alguns aeroportos estão sinalizados com orientações de como pegar um Uber. No Aeroporto de Congonhas, por exemplo, as portas da saída do desembarque estão adesivadas indicando uma direção, e depois outros adesivos no chão mostram um caminho até o ponto de espera. Assim fica mais fácil marcar um ponto de encontro com o motorista.

No Brasil o Uber ainda tem pouca relação com pessoas com deficiência. Assim como qualquer tipo de transporte privado, não se pode recusar viagem de uma pessoa em cadeira de rodas ou com cão-guia. Porém os veículos não estão preparados para pessoas que possuem mais limitações de movimento. Também não estão treinados para desmontar e montar uma cadeira de rodas, principalmente cadeiras motorizadas e scooters.

Mas já existe iniciativas para auxiliar motoristas e passageiros surdos. O aplicativo foi atualizado com recursos para pessoas com deficiência auditiva, e também dá condições para que motoristas surdos consigam trabalhar com a empresa.

As maiores iniciativas para a acessibilidade por enquanto estão no exterior. No Chile o serviço possui duas categorias para esse segmento. O UberASSIST, com motoristas da categoria uberX especialmente treinados para atender às necessidades daqueles usuários com alguma deficiência ou mobilidade reduzida; e UberWAV, que são veículos adaptados com acesso para cadeira de rodas.

Nos Estados Unidos, o Uber possui uma ferramenta para ensinar aos passageiros como gesticular frases simples na língua de sinais americana para se comunicar melhor com motoristas surdos ou com deficiência auditiva.

Abaixo simulamos uma corrida, para ter uma idéia dos valores em relação à distância, num trecho da cidade de São Paulo. Vale a pena lembrar que esses valores podem variar de acordo com o horário, e os valores podem aumentar, principalmente quando o trânsito é maior, geralmente no início e fim do horário comercial, e também no período de almoço. Mas o próprio aplicativo dá uma previsão do valor a ser cobrado.

Praça da Sé – Aeroporto de Congonhas (Google Maps 9,9 km) Terça-feira às 17:00, 19 de dezembro de 2019.

Uber Pool – R$15,99
Uber X – R$26,23
Uber Select – R$30,88
Uber Black – R$40,47
Uber Bag – R$31,44
Uber Black Bag – R$49,15
Uber Bike Rack – R$30,03

No Uber, a corrida é uma soma da tarifa base (cobrada assim que você entra no carro), dos minutos gastos no trajeto e da distância percorrida em quilômetros. Nos táxis, também existe a bandeirada e a quilometragem, mas a tarifa por tempo, chamada de “hora parada”, é cobrada apenas quando o carro estiver parado, no semáforo ou em algum congestionamento, por exemplo.

Uber X – é a base do Uber, utilizando carros econômico, também é possível embarcar até 4 passageiros

Uber Pool – é a opção mais barata da Uber, onde você se permite compartilhar o mesmo carro com outros passageiros desconhecidos, que podem entrar no meio do caminho, ou já estarem no carro quando você embarcar. Nesses trechos compartilhados, os custos são divididos pelos passageiros. Os carros nessa categoria também são os mais populares.

Uber Select – é algo parecido com a classe executiva de um avião, onde você tem um melhor produto, neste caso o carro, com um atendimento mais atencioso por um preço não tão elevado.

Uber Black – é o serviço de luxo da Uber, onde os carros utilizados são mais confortáveis, e o atendimento é mais atencioso, e por isso os valores são mais altos. Nessa categoria também é possível embarcar até 4 passageiros.

Uber Bag – nessa categoria, basicamente os carros são mais espaçosos, para poder acomodar bagagens ou outro material que ocupe espaço.

Uber Black Bag – uma mistura do Uber Black, a categoria de luxo e o Uber Bag, a categoria de bagagem, então o resultado é um carro espaçoso e ao mesmo tempo confortável

Uber Bike Rack – o diferencial nesta categoria é a possibilidade de levar sua bicicleta, afinal ela pode não caber num porta mala. A bicicleta será acomodada num suporte externo.

Quando você faz o cadastro no aplicativo, geralmente já escolhe a forma preferida de pagamento, cadastrando seu cartão de crédito, por exemplo, de onde as corridas serão debitadas automaticamente depois do desembarque e finalizado pelo motorista. Mas é possível pagar com as seguintes opções:

  • Cartão de crédito
  • Cartão de débito
  • Dinheiro
  • Paypal
  • Google Pay
  • Pontos Dotz, Nubank Rewards e milhas Smiles
  • Bônus Credicard (R$20,00 de crédito após 10 viagens paras com o cartão)
  • Uber pré-pago
  • Uber for Business

Abaixo tem um vídeo de como chamar o Uber corretamente, pois nem sempre o sistema de localização é preciso. Se houver confusão no local de embarque, há a possibilidade de se comunicar com o motorista através de mensagens ou pelo telefone.

Compartilhe

Use os ícones flutuantes na borda lateral esquerda desta página

Envolva-se em nosso conteúdo, seus comentários são bem-vindos!

7

0 comentários

Deixe uma resposta

Acervo Digital Acessibilidade e Inclusão no Turismo

banner lateral acervo digital acessibilidade e inclusao no turismo

Assine!

Siga-me no Twitter

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Shares
Share This