Visando o conforto dos visitantes, o Parque São Francisco de Assis conta com mais acessibilidade a partir de agora. Nesta semana, o parque recebeu Célio Scholember, que se ofereceu voluntariamente a apontar como sugestão as melhorias para a circulação plena de pessoas com deficiência física no local. A visita contou ainda com a presença de autoridades municipais: o vice-prefeito Jovino Cardoso; o presidente da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Faema), Jean Naumann; o diretor de educação ambiental, Airton Maçaneiro; o gerente de educação ambiental, Marlon Robinson; o gerente de unidades de conservação, Fellipe dos Santos; e o gerente de recursos naturais, Jaisom da Silva. A equipe acompanhou Célio pelo parque, registrando as medidas para que sejam tomadas as providências necessárias.

Além disso, outra novidade é a melhoria da sinalização das trilhas do parque, com placas numeradas para que ninguém se perca. De acordo com o gerente de educação ambiental, Marlon Robinson, a próxima medida será melhorar o acesso de deficientes visuais. “Isso é algo que já estava sendo planejado pela equipe do parque”, explica Marlon. “Nosso objetivo é que todos possam acessar o parque facilmente, sem que nada os impeça de circular normalmente”, completa.

O trabalho voluntário é o diferencial do Parque São Francisco. Quem se interessar em ser voluntário no parque, pode receber mais informações pelo telefone 3340-2429. Segundo Marlon, é muito importante a colaboração e a ajuda da comunidade para que o parque seja uma área de lazer em meio à natureza e que todos possam aproveitá-la.

A Faema lembra, ainda, que sempre que chuvas fortes caem sobre a cidade, o parque precisa ser fechado temporariamente para reparos, ou funciona sob orientação técnica. Estas medidas são tomadas para garantir a segurança dos visitantes. O parque é reaberto a partir do momento que o clima volta a se estabilizar.

O Parque São Francisco de Assis está localizado na rua Ingo Hering, no Centro, e está aberto à visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h, e aos sábados, domingos e feriados das 10h às 16h. São 23 hectares de Mata Atlântica e quatro trilhas: Caminho das Águas, Caminho do Tucano, Caminho da Cutia e Caminho do Tatu.

Fonte: Prefeitura de Blumenau

Pin It on Pinterest

Shares
Share This