Nepal acessível a todos. País busca um turismo de aventura inclusivo.

por | 11 jun, 2019 | Esporte e Aventura adaptada | 0 Comentários

Enquanto o Nepal reconstrói muitos locais históricos e trilhas que foram danificadas no terremoto de 2015, ativistas dizem que esta é uma oportunidade para torná-los livres de barreiras. Tais melhorias tornariam as instalações acessíveis não apenas para diferentes tipos de turistas, mas também para pessoas com deficiências locais, juntamente com os idosos.

O turismo acessível significa simplesmente adaptar as instalações para que elas sejam mais fáceis de viajar, sejam os visitantes pessoas com deficiência ou não. Isso dá aos turistas a oportunidade de visitar áreas que estão sonhando para ver, mas que não puderam visitar devido a dificuldades de acesso. O turismo inclusivo aceita todos, independentemente do seu estado físico.

“Ainda há muito trabalho a ser feito para tornar o Nepal um destino acessível, e precisamos de uma parceria entre o Estado, prestadores de serviços de turismo e grupos de defesa”, diz Pankaj Pradhananga, da Four Seasons Travel (4ST). criando experiências de turismo acessíveis no Nepal.

Um marco na promoção do turismo acessível neste país foi a visita, há cinco anos, do falecido defensor do turismo inclusivo americano, Scott Rains, que trabalhou com empresários do turismo nepalês para desenvolver uma estratégia de turismo acessível.

Então, dois meses após o terremoto de 2015, a 4ST organizou uma viagem de um dia ao Jardim Botânico Godavari para 50 pessoas em cadeiras de rodas que viviam em um abrigo temporário em Jawalakhel. Desde então, os deficientes visuais e os amputados bilaterais escalaram o Monte Everest, realizaram caminhadas difíceis e participaram de experiências relativamente mais fáceis, como tirar os passeios de mountain bike de Katmandu.

Em 2016, a 4ST ajudou a organizar a ‘Wounded Heroes Trek to Nepal’, na qual um grupo de veteranos de amputados fez trekking com próteses na região de Annapurna (acima). No ano passado, a organização trabalhou com o Nepal Tourism Board (NTB) e a National Federation of Disabled Nepal (Federação Nacional de Deficientes Nepal) para sediar a inaugural Conferência Internacional sobre Aventura Acessível (ICAA 2018) em Pokhara, durante a qual a primeira trilha acessível do Nepal, perto de Sarangkot, foi inaugurada por o falecido ministro do Turismo, Rabindra Adhikari. (Veja o quadro abaixo)

A liberdade de circulação e o direito à mobilidade e viagens são considerados direitos humanos básicos em um pacto internacional assinado pela maioria dos países do mundo. No entanto, o turismo acessível ainda não é uma realidade em muitos lugares, inclusive em destinos desenvolvidos. No Nepal, o conceito é novo e, como a maioria dos produtos de viagem envolve aventura, o turismo inclusivo ainda está muito distante.

No entanto, começou-se com iniciativas recentes que usam o turismo para conscientizar as pessoas locais sobre a necessidade de oferecer acesso a cadeiras de rodas e tornar a infraestrutura segura e fácil de navegar para pessoas com deficiências.

Mais de 4.000 nepaleses ficaram com deficiências físicas como resultado do terremoto de 2015. Eles se juntam a cerca de 600.000 pessoas neste país com deficiências físicas.

“Na verdade, é mais importante construir infraestrutura acessível para o benefício dos moradores locais do que para turistas estrangeiros”, diz Pradhananga.

Suman Timsina, do Instituto de Desenvolvimento Internacional, com sede em Washington, que organizou a jornada Annapurna para veteranos em próteses, acrescenta: “Há muitas vantagens em promover o turismo acessível: ele abrirá o Nepal como um novo destino para pessoas com deficiências e idosos. e espalhará a consciência entre os habitantes locais para cuidar de pessoas com necessidades especiais. O turismo acessível não é uma coisa fácil de fazer, mas a coisa certa a fazer.

Compartilhe

Use os ícones flutuantes na borda lateral esquerda desta página

Envolva-se em nosso conteúdo, seus comentários são bem-vindos!

7

0 comentários

Deixe uma resposta

banner lateral acervo digital acessibilidade e inclusao no turismo
Booking.com
Book Hostels Online Now

Siga-me no Twitter

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Shares
Share This