Passaporte com acessibilidade. Como tirar sua autorização para viajar.

por | 7 mar, 2018 | Turismo Adaptado |

Passaporte com acessibilidade. O passaporte é um documento de identidade com validade internacional. É o principal documento válido fora do Brasil. O passaporte comum brasileiro padrão ICAO, cor azul, é emitido em todo território nacional. Atualmente a taxa para cobrada para a sua confecção é de R$ 257,25.

A validade do passaporte é de 10 anos, para pessoas acima de 18 anos. Pessoas com idade inferior à esta, tem passaportes com validade menor. Mesmo assim, é preciso prestar atenção, pois alguns países exigem que seu passaporte tenha validade de pelo menos 6 meses, tendo base a data de seu retorno. É necessário estar em dia com sua situação eleitoral e militar. Caso haja alguma irregularidade, a emissão do passaporte não será permitida.

Passaporte com acessibilidade. Orientações.

O Sinpa (Sistema Nacional de Passaporte), disponibiliza desde 4 de dezembro de 2015, um site para solicitação do passaporte com acessibilidade. Ele é compatível com softwares leitores de tela, e no canto superior direito, encontra-se opção para visualização em alto contraste e no link “Acessibilidade”, uma listas dos atalhos de navegação.

O desenvolvimento do sistema contou com voluntários com deficiência visual (cegos e pessoas com baixa visão) selecionados pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados) e pelo Projeto de Acessibilidade Virtual do Instituto Federal do Rio Grande do Sul para avaliarem as mudanças.

Na internet, acessibilidade refere-se principalmente às recomendações do WCAG (World Content Accessibility Guide) do W3C e no caso do Governo Brasileiro ao e-MAG (Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico). O e-MAG está alinhado as recomendações internacionais, mas estabelece padrões de comportamento acessí¬vel para sites governamentais.

O agendamento para a emissão de passaporte com acessibilidade procura dar o menor tempo de espera para pessoas com deficiência, começando na triagem na data e local agendado. Se houver mais do que uma pessoa agendada no mesmo horário, a prioridade será sempre da pessoa com deficiência.

Para o passaporte com acessibilidade, os casos em que a prioridade requer a existência de acompanhante podem ser atendidos com a mesma ferramenta de agendamento que o site já disponibiliza a todos: ao informar a quantidade de solicitações a agendar, o sistema buscará horários os mais próximos possíveis para o agendamento. Caso os horários encontrados se mostrem distantes, agende e, no dia agendado, relate a situação ao responsável local pelo posto, verificando a possibilidade de atendimento conjunto em um dos dois horários escolhidos.

Se o requerente com deficiência necessitar de um atendimento diferente do horário agendado, é possível reagendar no próprio site da Polícia Federal, sem precisar comparecer ao local. Para a entrega de dos passaportes não há atendimento agendado, mas nos locais de retirada, as filas possuem um sistema de senhas com atendimento preferencial.

Compartilhe pelos ícones flutuantes na borda lateral esquerda desta página!

Assine!

Siga-me no Twitter

Artigos relacionados

Automóveis e acessibilidade na Mobility & Show

Automóveis e acessibilidade na Mobility & Show. A Mobility & Show é uma das maiores feiras da América Latina nesse setor. Quase todas as fabricantes de carros estão presentes no evento, e ainda é possível fazer test-drives em carros adaptados. Além disso, despachantes...

ler mais

Pin It on Pinterest

Share This