Rampas malfeitas são obstáculos!

por | 29 mar, 2019 | Acessibilidade | 0 Comentários

Rampas malfeitas são obstáculos! Neste caso, pequenas rampas feitas para vencer um degrau na entrada de uma loja. Porém são muito curtas e inclinadas, o que acabou tirando o espaço de contato da roda traseira desta cadeira de rodas motorizada, que acabou ficando girando em falso. Isso acontece por causa do uso de um dispositivo anti-tombo instalado na parte traseira da cadeira motorizada. Mesmo para quem usa uma cadeira de rodas manual, é preciso habilidade e equilíbrio.

As configurações de uma cadeira motorizada é diferente de uma cadeira manual, seja por questões de peso, dimensões e até os próprios componentes utilizados. Mas a arquitetura e engenharia geralmente considera uma cadeira manual básica como um modelo para pensar em seus projetos de acessibilidade. Se fizéssemos uma comparação, seria como pegar como modelo uma mulher magra para fazer uma roupa para um homem gordo. Você até faria a roupa, mas provavelmente ela não iria servir.

Se prestarmos atenção na imagem, não exatamente foi pensado em fazer uma rampa, pois no local existia um degrau, como se fosse um pequeno murinho, e colocaram cimento dos dois lados para criar uma “rampa”. No Brazil isso é popularmente conhecido como “gambiarra”. Acessibilidade além de técnica, é também experiência. Sempre que for fazer alguma intervenção relacionado à acessibilidade, procure profissionais.

Compartilhe

Use os ícones flutuantes na borda lateral esquerda desta página

Envolva-se em nosso conteúdo, seus comentários são bem-vindos!

7

0 comentários

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Pin It on Pinterest

Shares
Share This